12. Editando Estrutura

Para editar uma estrutura de dados,  clique no menu do projeto "Estruturas", na listagem clique no ícone  ou "Gerenciar Ambiente",  aonde temos em dois locais destacados abaixo.


Na aba do projeto, selecione a aba de "Dados" e clique em "Adicionar".
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/dados/atualizando-os-dados-de-uma-estrutura-csv/estrutura-lista.png

Ao clicar, abrirá a tela da estrutura. Nesta tela notará pequenas diferenças que não tinha ao criá-la:
    ID: Isto é utilizado para carga do tipo API como parâmetro (veja em Como agendar a atualização dos dados do tipo API)
    Nome: Nome "verdadeiro" que é criado no banco de dados
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/dados/editando-estrutura-origem/editestrutura.png

Na próxima tela temos o ajustes da origem da informação

Importante: Se clicar no botão laranja "Habilitar edição de estrutura" e finalizar a edição, os agendamentos serão excluídos desta estrutura.

https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/dados/editando-estrutura-origem/editestrutura2.png

Na próxima tela "Padronização" se tiver marcado para padronizar os dados, você irá definir a forma que as descrições vão aparecer, sendo os seguintes parâmetros:
  • Case
    • Maiúsculo: coloca a descrição com as palavras maiúsculas;
    • Minusculo: coloca a descrição com as palavras minusculas;
    • Capitalizar: coloca a descrição com as palavras com a primeira letra maiúscula e o resto minusculo.
  • Acentuação
    • Manter acentuação: remover as acentuações na descrição;
    • Remover acentuação: mantém as acentuações na descrição.
  • Trim: se marcar, ele remove espaços no inicio e no fim da descrição, se houver ;
  • Trim entre palavras: se marcar, remove os espaços entre as palavras na descrição, se houver.
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/atualizando-os-dados-de-uma-estrutura-csv/padronizacao.png 

Na próxima tela "Estrutura", iremos configurar os campos:
  • CHAVE: acima da listagem, no canto direito, sendo uma chave de controle para carga para verificar duplicidade e não removendo e inserindo a informação não importando a periodicidade da carga incremental;
  • Campo: o nome "real" do campo, para utilizar como referência em uma medida calculada ou qualquer outra coisa que fazer no MDX;
  • Nome Visualização: pode modificar esse campo até mesmo ao editar, podendo deixar espaços e maiusculizas tornando o nome da dimensão que ira ver;
  • Tipo de Dimensão
    • Regular: tornado uma dimensão descritiva nos objetos;
    • Tempo: tornando uma dimensão de tempo nos objetos, podendo usar como filtro de periodicidade
    • Medida: tornando o valor nos objetos;
    • Georreferencia: tornado a localização nos objetos Mapas;
    • Somente filtro: tornado o filtro para ordenar sobre uma dimensão (bastante útil nas DREs, Balanço patrimonial e fluxo de caixa).
  • Todos: se desmarcar, ao selecionar a dimensão, ela já vem listada e não agrupada. CUIDADO: isso pode demorar e até travar o objeto ao acessa-lo dependendo a quantidade de informação da origem;
  • Ordenação: se escolheu algum "Tipo de Dimensão" como "Somente filtro", nas outras informações apresentadas, pode utiliza-la como referência para ordenar;
  • Operação: somente quando for medida
    • SOMA: somando as medida de acordo como for apresentado nos objetos;
    • CONTAGEM: tornado como uma contagem a medida e nesta contagem é somada de acordo como for apresentado nos objetos;
    • MINIMO: trazendo o valor minimo sobre a informação apresentada nos objetos;
    • MAXIMO: trazendo o valor máximo sobre a informação apresentada nos objetos;
    • MEDIA: trazendo media do valor sobre a informação apresentada nos objetos;
    • CONTAGEM DISTINTA:  tornado como uma contagem distinta sendo não SOMANDO quando for apresentado nos objetos.
  • Mascara: somente quando for medida
    • Padrão: tornado o valor como está trazendo
    • Porcentual: tornando e transformando o valor como percentual;
    • Moeda: tornando o valor como moeda. Exemplo "22.20" fica "R$ 22,20"
    • Fixo: tornando e arredondando o valor mesmo que esteva com casa decimal como um valor inteiro;
    • Hora: tornando um valor ou uma informação do tipo hora, com casas decimais.
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/atualizando-os-dados-de-uma-estrutura-csv/passo4.png


Na próxima tela de "Hierarquias" temos as hierarquias que pode ser criado. Ao clicar no botão "Criar dimensão hierárquica", abrirá uma tela.
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/atualizando-os-dados-de-uma-estrutura-csv/passo5mini.png

O que é dimensões hierárquicas ? Para que serve ?
Em resumo ele define uma ordem de dimensões dentro de uma NOVA dimensão. Exemplo: temos a dimensão categoria (SAPATO, BOLSA, TÊNIS), temos a dimensão gênero (MASCULINO e FEMININO) e o produto (SAPATO BEBECE, BOLSA LUZZARA E TENIS ADIDAS). Quando criar a dimensão, ordenado por GÊNERO, CATEGORIA e PRODUTOS. Ao expandir listará o GÊNERO, ao expandir GÊNERO listará as CATEGORIA, ao expandir CATEGORIA listará os produtos. Similar com o que tempos nas dimensões de tempo, mas você define a ordem por dimensões que escolher inserir. 

Essa tela, no lado esquerdo, escolha as dimensões que deseja como ordem de expansão.
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/atualizando-os-dados-de-uma-estrutura-csv/hierarquia1.png

Essa tela, no lado direito clicando em "Nova hierarquia", abrirá uma tela. Nesta tela escolha a ordem e quantas dimensões deseja criar, exaltando que cada dimensão que criar pode escolher um ordem distinta.
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/atualizando-os-dados-de-uma-estrutura-csv/hierarquia2.png


Na próxima tela será o resumo de todas as informações. Ao clicar em finalizar, será feito uma carta total trazendo todos os dados para o BIMachine referente a origem que você definiu.
https://sites.google.com/a/sol7.com.br/bimachine/administracao-do-ambiente/dados/como-se-cria-uma-estrutura-de-origem-sql/passo6.png